Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Proposta de resolução do teste do 10º Ano

Mäyjo, 07.06.09

 

PROPOSTA DE CORRECÇÃO DO 10º TESTE DE GEOGRAFIA –10º Ano
Junho de 2009
1.1- Forma litoral com vertentes abruptas sobre o mar. ________________________________5
1.2- B, D, A e C. ___________________________________________________5 X 4 = 20
1.3- A erosão marinha ou abrasão marinha processa-se através dos movimentos do mar: ondas, marés e correntes. A rebentação das ondas junto das rochas provoca o desgaste na sua base, arrancando-lhes materiais. Quando a parte superior fica sem apoio, desaba e a costa vai assim recuando (podendo formar-se arribas mortas ou fósseis – arribas muito afastadas da costa). Os materiais arrancados vão-se acumulando na plataforma de abrasão que se apresenta levemente inclinada para o mar; dela fazem parte as praias. ____________________________________15
 
2.1- A – Haff-defta de Aveiro.
       B – Tômbofo de Peniche.
       C – Estuário do Tejo.
       D – Lido de Faro. ___________________________________________________6 X 4 = 24
 

2.2-     _____5 X 4 = 20
2.3-   I – D
II – F
III – B
IV – E
V – A
VI – C
__________________6 X 6 = 36
 
 
 

 
3 e 4-
3.1- Falsa.
O upwellling é uma corrente marítima ascendente, que traz à superfície águas profundas mais frias e com muito plâncton.
3.2- Verdadeira.
 
3.3- Falsa.
A nortada é um vento marítimo frequente no Verão, que sopra do quadrante norte, na costa ocidental.
3.4- Verdadeira.
 
3.5- Falsa.
A plataforma continental pode ou não corresponder à ZEE de cada pais. O critério de definição é a profundidade média, até aos 200 metros.
3.6- Verdadeira.
 
3.7- Falsa.
O fitoplâncton é constituído por microrganismos de origem vegetal que servem de alimento aos peixes.
 
3.8- Falsa.
Designa-se por regressão marinha o fenómeno do recuo do nível médio das éguas do mar.
 
3.9- Falsa.
A abrasão marinha compreende o desgaste dos sedimentos.
3.10- Verdadeira.
 
__________________5 X 10 = 50
_________________ 5 X 6 = 30
 
 
Total = 200

Proposta de resolução do teste do 10º Ano

Mäyjo, 31.05.09

 

PROPOSTA DE CORRECÇÃO DO 9º TESTE DE GEOGRAFIA –10º Ano
Maio de 2009
I
A
1-       A resposta deve referir o Tejo ou o Guadiana, ou outros considerados relevantes. ----------------------- 5
2-       A resposta deve referir a redução do caudal que origina falta de água para rega e abastecimento público e as inundações. ------------------------------- 10
3-       A resposta deve referir a ocorrência de precipitação irregular que origina caudais irregulares e as diferenças no escoamento devidas ao tipo de rocha, área da bacia hidrográfica, declive, florestação, barragens, assim como outros factores considerados relevantes. --------------------------- 15
 
 
B
1- A resposta deve referir o Douro e o Minho. ------------------------------------- 10
1.1- A resposta deve referir os seguintes aspectos: ocorrem quantidades elevadas de precipitação e o relevo é acidentado nas áreas envolventes a estas bacias, a rede hidrográfica é extensa, no caso do Douro. ---------- 10
2- A resposta deve referir Mira e Sado. -------------------------------------- 10
2.1- A resposta deve referir os seguintes aspectos: a secura do clima, o relevo plano e de baixa altitude e a rede pouco extensa (do Mira principalmente). ---------- 10
3- A resposta deve referir dois dos seguintes factores: a desflorestação, impermeabilização do solo, extracção de inertes, assoreamento do leito dos rios, captação de água para consumo, ou outros considerados relevantes. ---------- 10
4- A resposta deve referir o Douro, o Tejo, o Guadina, o Minho e o Lima. -----------15
5.1- A resposta deve referir um dos seguintes aspectos: troca intensa de informação sobre os caudais e qualidade da água; coordenação na gestão das situações extremas (cheias/secas) ou outros considerados relevantes.
5.2- A resposta deve referir um dos seguintes aspectos: capacidade de resposta à dependência da produção de hidroelectricidade (para grandes cidades); a necessidade de sustentar áreas agrícolas de regadio e desenvolvimento de actividades turísticas e fluviais ou outros considerados relevantes. -----15
 
 
C
1- A resposta deve referir: 1- Douro, 2 – Vouga, 3 – Mondego, 4 – Tejo e 5 – Guadiana. --------------------15
2- A resposta deve referir que a regularidade intra-anual é fraca pois no Sul há estiagem absoluta que pode durar os meses de Verão. ---------------------- 10
3- A resposta deve referir que são bacias internacionais e por isso têm de ser geridas conjuntamente com Espanha para evitar problemas extremos (secas e cheias). ------15
 
 
II
1- A resposta deve referir a litologia e os quantitativos de precipitação, ou outros considerados relevantes. ---------------------------------------------------- 10
2- A resposta deve referir a salinização. --------------------------------------------- 10
3- A resposta deve referir que o aumento da população conduz ao esgotamento dos aquíferos e à poluição destes pelos efluentes domésticos. -------------15
4- A resposta deve referir que a precipitação é irregular o que conduz à maior necessidade de regar; a água utilizada para a rega é proveniente, principalmente, de albufeiras construídas em rios que têm caudal irregular (em parte devido à precipitação irregular) logo há pouca água disponível para regar. Assim como outros aspectos considerados relevantes. ---------------15
TOTAL = 200

Proposta de resolução do teste do 8º Ano

Mäyjo, 01.05.09

 
GEOGRAFIA
Proposta de correcção do 8º teste de avaliação – 8º Ano
Abril 2009

 
 
 
 
 
 
 
1- Matérias-primas; vias de comunicação; lugar sagrado; fluxos de pessoas e bens; relevo; vegetação.
 
2- I – B – D;   II – A – F;   III – C – E.
 
2.1- Espaço densamente construído e povoado, concentrando as actividades industriais, comerciais, de prestação de serviços e político-administrativas. As cidades são o pólo organizativo e dinamizador das sociedades modernas.
 
3- A – Espaço rural: 3, 4, 5, 6, 7;     B – Espaço urbano: 1, 2, 8, 9.
 
4- O modo de vida rural caracteriza-se por uma grande calma e tranquilidade, deslocações frequentemente a pé, refeições feitas em casa com a família (…), por oposição o modo de vida urbano caracteriza-se por uma grande agitação e muito stress, deslocações de automóvel e/ou meios de transporte colectivos, refeições rápidas, frequentemente fast-food, feitas a correr, em restaurantes e cafés (…).
 
5.1-Taxa de urbanização é a percentagem de pessoas que vive em áreas urbanas em relação ao total de população.
5.2- A população urbana tem vindo a aumentar porque as pessoas sentem-se atraídas pelas cidades. Na cidade têm melhores condições de vida: há mais emprego, mais fácil acesso à saúde, à educação, ao comércio, a actividades de lazer…
5.3-América e Ásia.
 
6.1- Planta ortogonal.
6.2- O texto refere “… uma malha perpendicular de ruas, (…) quarteirões de dimensões regulares…” que são características das plantas ortogonais.
6.3- Planta irregular e planta radiocêntrica.
6.4- CBD – Central Business District; é o centro da cidade.
6.5- Durante o dia é um espaço muito movimentado e com muitas pessoas mas durante a noite está quase deserto, pois é uma área na qual não habita praticamente ninguém. O preço do solo é muito caro e isso impede a construção para habitação, os edifícios são destinados a escritórios e actividades ligadas aos serviços: bancos, seguradoras, sedes de empresas, etc.
6.6-Área industrial, área de lazer, área residencial…
 
7.1- Computadores, calçado ortopédico, hospitais, universidades, cinemas…
7.2- Vegetais, fruta, peixe, ovos, leite…
7.3- A cidade não produz tudo o que precisa e não consome tudo o que produz, acontecendo o mesmo com as outras áreas (rurais, piscatórias, industriais), assim têm que se estabelecer trocas entre as diferentes áreas de modo a que cada uma tenha o que necessita e venda o que tem em excesso estabelecendo-se assim relações de complementaridade.
 
8.1- Poluição (atmosférica e sonora), congestionamento de trânsito, dificuldades de estacionamento, problemas de abastecimento, dificuldades de tratamento de resíduos (esgotos e lixo)…
8.2- Restrições à circulação automóvel dentro da cidade, parqueamento pago e limitado, planeamento e administração de redes de abastecimento (alimentos, água, electricidade…) devidamente planeadas e estruturadas com criação de reservas em armazenamento, construção de ETARs e de aterros sanitários bem como de uma adequada rede de recolha desses resíduos…
8.3- Países em desenvolvimento, porque não têm tantos recursos (dinheiro) para poderem implementar as soluções mais adequadas.